Quinta-feira, 10.06.10

Militante histórica do PT chama Lula de "caudilho" e deixa partido

Militante histórica do PT de Minas e primeiro petista a disputar o governo mineiro, em 1982, a ex-deputada federal Sandra Starling se desfiliou ontem do partido contrariada com o PT nacional e com o presidente Lula, a quem chama de "caudilho".

Após 32 anos de militância partidária, Starling, 66, não aceita a imposição do PT nacional ao diretório mineiro do partido, que não poderá lançar o ex-prefeito Fernando Pimentel para o governo de Minas e terá que se coligar com o PMDB do senador Hélio Costa, em nome da aliança pró-Dilma Rousseff.

Na tarde de ontem, logo após comunicar sua desfiliação ao juiz eleitoral de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte --documento que encaminharia também ao PT do município--, ela falou à Folha. "É lamentável que o PT acabe refém de uma pessoa, que é o Lula. [Ele] Tem os seus méritos, mas todo mundo tem algum mérito; virou caudilho no partido, manda, desmanda, decide, todo mundo obedece. Não dá!" (íntegra, Folha.com)
Fonte: http://ivanpimentel.blogspot.com/2010/06/militante-historica-do-pt-chama-lula-de.html
publicado por Lord às 13:00 | link do post | comente
Terça-feira, 08.06.10

Caso Bancoop - Planilha mostra doações de empresa de fachada da Bancoop ao PT

Uma planilha que acaba de chegar às mãos da CPI da Bancoop na Assembleia Legislativa de São Paulo traz doações feitas pela empresa Mirante/Mizu Artefatos Ltda ao PT, no valor de 43.200 reais. O Ministerio Público considera que a empresa era de fachada. Em 2002, ano das doações, o TSE não registra nenhuma contribuição oficial feita pela Mirante/Mizu a qualquer campanha ou candidato.
A Mirante/Mizu Artefatos foi registrada em 23 de julho de 2002. Parece ter sido feita sob medida para atender a um único cliente, a Bancoop, à qual fornecia blocos de concreto. Segundo a planilha, já nos três primeiros meses de funcionamento tinha recebido da cooperativa 900.000 reais.
Quatro dirigentes da Bancoop, incluindo o então presidente Luiz Eduardo Malheiros, faziam parte da diretoria da Mirante/Mizu. Malheiros autorizava os depósitos da Bancoop na conta da fabricante de blocos. A cooperativa e a empresa tinham conta na mesma agência bancária. Naquele momento, o diretor financeiro da Bancoop era o petista Ricardo Berzoini.
A suspeita do Ministério Público e de integrantes da CPI da Bancoop é de que a cooperativa usava uma rede de empresas contratadas para abastecer o caixa dois do PT na eleição de 2002 e para enriquecimento dos dirigentes da cooperativa. A Mirante/Mizu seria uma dessas empresas.
Nesta terça-feira, os deputados da CPI da Bancoop votam o pedido de quebra de sigilo de 15 pessoas e empresas. Os deputados querem saber como, apenas nos cinco primeiros meses de vida, a Mizu movimentou mais de 1 milhão de reais recebidos da Bancoop. Entre as movimentações suspeitas estão os 43.2000 reais de doações ao PT, 162.000 reais em compra de apartamentos da própria Bancoop, 153.000 em divisão de lucros e 27.000 injetados em uma ONG do próprio Malheiros, que morreu em novembro de 2004, em acidente de carro em Petrolina (PE). Ao Ministério Público, seu irmão, Hélio Malheiros, afirmou que "muitas vezes se via obrigado a entregar valores de grande monta" para o PT.
Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/planilha-mostra-doacoes-empresa-fachada-bancoop-ao-pt-567304.shtml
publicado por Lord às 22:00 | link do post | comente
Segunda-feira, 07.06.10

PT é refém de Lula

Até o anúncio do resultado da sucessão presidencial de 2010, não há a menor chance de um levante ou racha petista influenciar os rumos que o
presidente Luiz Inácio Lula da Silva dita ao partido. Motivo: não existe um líder no PT capaz de se contrapor à força de Lula.
Desde de 2004, quando José Dirceu ainda era o poderoso chefe da Casa Civil e quase beijou a lona por causa do episódio Waldomiro Diniz, começou a novela de destruição de biografias do PT. Caíram todos aqueles que poderiam, com algum brilho ou poder próprios, contestar ou persuadir Lula.
Ao longo desses sete anos de governo, Lula cresceu, e o PT diminuiu. Governadores, senadores, deputados e a cúpula da máquina petista têm sido solenemente ignorados pelo presidente.
Ao escolher a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) como candidata à sua sucessão, Lula nem disfarçou. Não chamou para jantar no Palácio da Alvorada a cúpula partidária a fim de pedir opinião. Apontou o dedo para Dilma e ponto.
leia a reportagem completa:
http://direitabeminformada.blogspot.com/
tags: ,
publicado por Lord às 14:00 | link do post | comente
Quarta-feira, 02.06.10

Tesoureiro petista é condenado em SP

Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o futuro tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff e ex-prefeito de Diadema, José de Filippi Junior, a

devolver valores que podem chegar a R$ 2,1 milhões para os cofres da prefeitura daquela cidade.A decisão ocorreu pela contratação sem licitação do escritório do advogado Luiz Eduardo Greenhalgh. Filippi Jr. e Greenhalgh são do PT.

 

Folha de S. Paulo (SP) - 28/5/2010


O escritório de Greenhalgh foi contratado pela Prefeitura de Diadema entre 1983 e 1996. Defendeu só duas causas, segundo o Ministério Público, e ganhou cerca de R$ 2,1 milhões pela tarefa. A prefeitura contava com 51 procuradores para defender os interesses da cidade, de acordo com a Promotoria.

O tesoureiro de Dilma foi condenado em duas decisões do TJ. Na primeira delas, houve um voto a favor dele, o que tornou possível a reavaliação do caso. No segundo julgamento, perdeu por 4 a 1.O valor a ser devolvido será calculado só quando houver uma decisão definitiva sobre o caso. O ex-prefeito pode recorrer da decisão.

O TJ também condenou Filippi Junior à perda dos direitos políticos por cinco anos. A decisão não afeta a função que ele terá na campanha de Dilma. Tesoureiro não é uma função pública.Greenhalgh foi contratado sem licitação. A prefeitura usou a figura da notória especialização para driblar a concorrência exigida por lei. Para o TJ, o escritório não tem notória especialização.

"A população de Diadema foi prejudicada. Não pode escolher. Não se levou em consideração o custo do contrato, mas fatores outros, cujos indícios são de proteção ou escolha baseada em critérios personalíssimos", escreveu o desembargador Renato Nalini ao rejeitar os recursos.

publicado por Lord às 14:00 | link do post | comente
Domingo, 30.05.10

Aborto não, PT não -Colaborem divulgando este site e sua luta

Apresentação do site:

 

"Acreditei em Lula em 2002 e 2006. Somente comecei a duvidar do PT quando descobri sua defesa da legalização do aborto. Então critiquei minha visão e pude abrir meus olhos para ver uma vertiginosa lista de males do PT. Grato por estar sendo curado dessa cegueira, convido todos a divulgar que o PT luta contra asmulheres e seus filhos, querendo transformá-las em mães de bebês assassinados."

Cliquem no Link e divulguem: http://www.abortonaoptnao.com/

tags: , ,
publicado por Lord às 18:08 | link do post | comente
Sexta-feira, 28.05.10

SERRA está certo - PF apreende meia tonelada de cocaína vinda da Bolívia no MS

Na madrugada desta sexta-feira, 28, a Polícia Federal (PF) apreendeu no Mato Grosso do Sul (MS) dois caminhões transportando uma grande quantidade de cocaína procedente da Bolívia. Foi uma das maiores apreensões do gênero ocorrida até hoje no País.

Estadão Online

Por enquanto a PF informa apenas tratar-se de meia tonelada. A droga está sendo pesada pela PF de Três Lagoas, região leste de MS, na divisa com São Paulo.
A maior apreensão de cocaína realizada até hoje no Estado aconteceu no dia 8 deste mês, em Miranda, região do Pantanal, quando um caminhão frigorífico conduzia 725 quilos do entorpecente boliviano, entre uma carga de 16 toneladas de carne bovina.
Comento:Espero que os nossos “colunistas críticos, independentes e apartidários” não considerem que se trata de uma perseguição aos povos latino-americanos… Ou, sabe-se, lá, infiltração tucana na Polícia Federal.
Que tal ouvir o ministro boliviano Oscar Coca? Ele deve ter algo a dizer.


Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

publicado por Lord às 23:59 | link do post | comente
Quinta-feira, 27.05.10

Marta Suplicy - A primeira-dama das cavalariças

Também conhecida como relaxa e goza
“Candidato Kassab: por que você tem vergonha de dizer que anda com o Maluf e com o Pitta?”, pôs as mãos nas cadeiras Marta Suplicy no meio do debate na TV. “Eu ando com o Lula”, prosseguiu, com cara de debutante contrariada, a edição vespertina da colegial do Sion. “E tenho muito orgulho das pessoas com quem ando”, encerrou acionando o pisca-pisca das pestanas.
Naquela noite de 2008, o prefeito Gilberto Kassab limitou-se a reiterar o arrependimento que sente por ter chefiado a secretaria municipal de Finanças na administração Celso Pitta. E só registrou de passagem que Mônica Valente, a mulher de Delúbio Soares, era a assessora de estimação da candidata do PT. Um adversário menos clemente teria ido bem mais longe.
Perguntaria a Marta Suplicy, por exemplo, se ainda é a melhor amiga de Delúbio, e se continua andando com o companheiro gatuno que, em 2003 e 2004, festejou a seu lado a passagem do ano. Também perguntaria se tem saudade das temporadas em que Delúbio e Mônica Valente se hospedaram na casa alugada no Guarujá por Marta e Luis Favre.
Ela sempre andou sem remorsos com mensaleiros, sanguessugas, aloprados, estelionatários, punguistas ─ todas as tribos da nação dos aliados pecadores têm vaga nos palanques de Marta Suplicy. Sempre confraternizou com gente como Paulinho da Força, Professor Luizinho, José Genoíno, João Paulo Cunha, José Dirceu, Antonio Palocci. Sempre fez de conta que as vestais não caíram na vida, e portanto merecem a honra do convívio com a quatrocentona Marta Teresa Smith de Vasconcellos Suplicy.
Antes de censurar o adversário por equívocos passados, a favorita da bandidagem expediu a instrução famosa aos flagelados do apagão aéreo: relaxem e gozem. Dias depois do debate, ordenou aos eleitores que perguntassem ao prefeito por que não era casado e não tinha filhos. Certos filhos, melhor evitá-los, e qualquer solidão é preferível à companhia de um milongueiro, deixou de responder Kassab. Os eleitores responderam por ele.
Quanto mais idosa fica, menos ajuizada Marta é, informa a declaração em que absolveu Dilma Rousseff, acusou Fernando Gabeira e condenou-se, de novo, a explicar o inexplicável. Até os bebês de colo e os doidos de pedra sabem de que lado estão os malfeitores em geral, os corruptos em particular e, de A a Z, os militantes da esquerda psicótica. Pois Marta resolveu responsabilizar pelo sequestro e quase morte do embaixador Charles Elbrick o único que se penitenciou publicamente pelo engano histórico. É muito cinismo.
Somada à infamante comparação entre Dilma Rousseff e Nelson Mandela, a delinquência cometida por Marta escancara o fantasma que assombra a companheirada: o prontuário da sucessora que Lula inventou, ornamentado por assaltos a bancos dos quais jamais se arrependeu. E reafirma a disposição, partilhada por milicianos do século passado, de institucionalizar o avesso das coisas.
No Brasil da Era Lula, o errado repreende o certo, o claro tornou-se o escuro, os honestos são condenados à danação eterna por pecadores juramentados. Talvez seja tarde para recorrer à Divina Providência: pelo que anda dizendo e fazendo, Lula se entende diretamente com Deus. É natural que Marta sinta orgulho dos companheiros de palanque que, se a Justiça brasileira funcionasse, só conseguiria ver de perto nas visitas dominicais à cadeia.
A granfina do PT está namorando há alguns meses o presidente do Jockey Club de São Paulo. Parece já ter assumido o posto de primeira-dama das cavalariças.
Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/

publicado por Lord às 16:00 | link do post | comente

posts recentes

links

free counters
eXTReMe Tracker

tags

subscrever feeds

últ. comentários