Sábado, 05.06.10

Ficha Limpa Desfigurado - Lula sanciona sem vetos

Ainda assim estou aguardando ansioso as condenações dos Mensaleiros, entre eles Zé Dirceu, Genoino, Gushiken e o restante dos 40 ladrões


Justiça decidirá se a lei valerá já para eleições deste ano; ficarão inelegíveis candidatos que forem condenados por órgão colegiado
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta sexta-feira, 4, sem vetos, o projeto Ficha Limpa. A lei deve ser publicada no Diário Oficial da União (DOU) da próxima segunda-feira. Ao sancionar o projeto da forma como foi aprovado pelo Congresso, o presidente mantém o texto da emenda polêmica que estabeleceu apenas para futuros condenados o impedimento de se candidatar

http://www.estadao.com.br/

A Advocacia Geral da União (AGU) já havia recomendado a sanção do projeto sem vetos. O texto do Ficha Limpa estabelece que pessoas condenadas por corrupção eleitoral, por compra de voto ou por gastos ilícitos de recursos de campanha fiquem inelegíveis por oito anos.

O projeto também torna inelegíveis pelo mesmo prazo detentores de cargo na administração pública condenados em órgão colegiado por abuso de poder econômico.

O texto final do projeto aprovado pelo Senado gerou dúvidas se a lei só valerá para candidatos que forem condenados a partir de agora ou se inclui também quem já tem as condenações previstas no texto. Para valer nas próximas eleições, a medida deve passar ainda pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que vai responder consulta do senador Arthur Virgílio (PSDB-AM).

publicado por Lord às 12:00 | link do post | comente
Quarta-feira, 02.06.10

"Lula me deve uma janta", diz Roberto Jefferson

A dias do marco de cinco anos da entrevista que provocou o maior escândalo do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-deputado e


presidente do PTB, Roberto Jefferson, avalia que contribuiu para a alta popularidade do presidente ao afastar do Palácio dos Planalto os envolvidos no suposto esquema de compra de apoio no Congresso.

 

 

TV UOL

Em entrevista exibida na TV UOL, Jefferson disse ainda não guardar ressentimento após a turbulência política de 2005 causado pelo escândalo do mensalão, que derrubou a cúpula do PT, ministros do governo federal, dirigentes de estatais e empresas privadas e parlamentares, incluindo ele próprio. "Eu livrei o governo dele do José Dirceu, [Luiz] Gushiken, [José] Genoino, Marcos Valério, Delúbio [Soares]. Ele me deve uma janta. O governo dele cresceu a partir daí", afirmou, referindo-se ao ex-ministro da Casa Civil, ao ex-secretário de Comunicação, o ex-presidente do PT, o empresário que intermediava o esquema e o ex-tesoureiro petista.

 

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/multimidia/videocasts/744397-lula-me-deve-uma-janta-diz-roberto-jefferson.shtml

publicado por Lord às 16:00 | link do post | comente
Quinta-feira, 27.05.10

Até quando os MENSALEIROS ficam impunes?

 

O que o STJ está esperando?
Já se passaram 5 anos desde o início das denúncias.
Justiça modorrenta deste país!

 

publicado por Lord às 11:00 | link do post | comente
Quarta-feira, 26.05.10

STJ - Queremos o julgamento dos mensaleiros

Até quando os MENSALEIROS ficam impunes?

O que o STJ está esperando?

Já se passaram 5 anos desde o início das denúncias.

Justiça lenta e modorrenta deste país!

publicado por Lord às 14:15 | link do post | comente
Segunda-feira, 24.05.10

Mensalão do PT - Cinco anos depois ninguém foi preso - Dois pesos e duas medidas

As denúncias de mensaleiros começaram com o PT nacional, dentro do Palácio do Planalto, com a sociedade acompanhando um dos mais escabrosos escândalos políticos já vivido no Brasil. A denúncia envolveu o uso de milhões e milhões de reais, dinheiro público, puro e indiscutível, lavado por um cidadão chamado Marcos Valério, empresário publicitário de renome nacional. Do outro lado, a cúpula do governo Lula, a começar pelo ministro José Dirceu e o presidente nacional do PT, deputado José Genoino, o tesoureiro do partido, Delúbio Soares, e outros não muito importantes considerados a fina flor da cúpula petista nacional. A lista dos denunciados pelo Ministério Público Federal chegou a 40!

 

Autor: Wal Cordeiro

 

Mandatos rolaram, caíram os Josés, Dirceu e Genoino. O primeiro, o mais enrolado, não teve coragem de enfrentar o povo. O segundo virou deputado de novo. João Paulo Cunha, que tinha sido presidente da Câmara, também foi pego com a mão na massa. Acuado, o PT foi buscar e descobriu um mensalão no PSDB de Minas Gerais, pegando em cheio o senador e ex-governador Eduardo Azeredo, que, a exemplo dos petistas, também não foi preso e ainda resiste às denúncias. Aliás, sequer o STF levou a julgamento os 40 denunciados pelo procurador geral da República e pelo ministro relator Joaquim Barbosa, que pediu punição para todos os denunciados. Dos 40 denunciados, a maioria voltou para o Congresso, já se passaram cinco anos, já vão para outra reeleição e o STF não os leva a julgamento. No escândalo de Brasília, o denunciado, o governador José Roberto Arruda, que pertenciam ao DEM, acabou na cadeia. E por que ninguém do mensalão petista foi preso? A OAB, que se mostra tão altiva e vigilante, nada faz para cobrar do STF que julgue e bote na cadeia os mensaleiros do PT. Merece credibilidade quem age assim com dois pesos e duas medidas? Que Arruda fique preso, mesmo antes de ser julgado. Aliás, o próprio STF está pedindo à Câmara Distrital de Brasília para processar Arruda, mas, o mantém prisioneiro, antes de ser julgado, sem lhe permitir, mesmo em sendo governador, o direito de se defender em liberdade. Mas fica a pergunta aos srs. ministros do STF: e os outros vão continuar soltos? Até quando? E é para o povo achar que tudo isso não é hipocrisia?

 

Fonte: http://www.walcordeiro.com.br/v1/2010/03/08/cinco-anos-depois-do-mensalao-do-ptninguem-foi-preso/

publicado por Lord às 13:38 | link do post | comente

posts recentes

links

free counters
eXTReMe Tracker

tags

subscrever feeds

últ. comentários